0

“Projeto Acessibilidade” facilita circulação de visitantes com mobilidade reduzida em praia de Matinhos


Entre os dias 05 de janeiro e 10 de março, o projeto “Acessibilidade” irá oferecer cadeiras anfíbias para que visitantes com mobilidade reduzida aproveitem a Praia Brava, em Matinhos. Promovida pelo Rotary Club de Matinhos, a iniciativa disponibiliza as cadeiras gratuitamente aos finais de semana.

Leia também: Baile Beneficente marca 35 anos do Rotary Club de Matinhos

Segundo Edmilson Ribas, presidente do clube, a ideia surgiu há cerca de dez anos, com a viagem de uma rotariana ao nordeste. A associada viu as cadeiras anfíbias e trouxe como sugestão para uma iniciativa do clube, dando início ao projeto “Acessibilidade”. “É um projeto muito gratificante. É muito emocionante quando você vê as pessoas entrando na água, o sorriso deles”, conta Ribas.

Já na 7ª edição, a iniciativa possui cinco cadeiras anfíbias. De acordo com o presidente, cerca de quatro pessoas são atendidas pelo projeto por dia. Neste ano, o “Projeto Acessibilidade” conseguiu parcerias com 14 empresas da região para promover a iniciativa. Entre as parcerias, o clube contou com o apoio da Guarda Mirim de Matinhos, que se voluntariou para auxiliar na coordenação da estrutura montada pelo projeto na praia.

Para o presidente Ribas, um objetivo futuro é conquistar um subsídio que possibilite expandir o projeto “Acessibilidade”. “Essas cadeiras custam em média de 3,5 a 4 mil reais cada uma e fazemos a manutenção delas com o dinheiro do clube”, explica. Segundo o presidente do clube de Matinhos, com um subsídio do Rotary Internacional ou de alguma outra entidade, seria possível adquirir e realizar a manutenção de novas cadeiras anfíbias.

A 7ª edição do “Projeto Acessibilidade” vai até o dia 10 de março deste ano. O projeto atende de sexta-feira a domingo, das 09 às 18 horas, na Praia Brava, em Matinhos.


Confira!

Veja fotos da 7ª edição do “Projeto Acessibilidade”, promovido pelo Rotary Club de Matinhos.


Laís Adriana de Almeida

Laís Adriana de Almeida

Estagiária de Comunicação do Distrito 4730; Estudante de Jornalismo da UFPR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *