0

Rotary International alerta para tentativas de fraude através de falsificação de e-mails

O Chefe do Escritório de Informação de Rotary International (RI), Rick Kick, enviou hoje (20) um comunicado oficial para todos os presidentes e secretários de Rotary. A declaração alerta para o risco de tentativas de fraude via phishing. O método consiste em criar uma falsificação para conseguir dinheiro e informação das pessoas. De acordo com o comunicado, foram criadas várias contas falsas representando: o Presidente  do RI, Barry Rassin; o presidente eleito, Mark Maloney; o secretário-geral, John Hewko; e outros líderes rotários.

As contas foram criadas em diversos canais, como e-mails, mídias sociais (Twitter e LinkedIn) e aplicativos de mensagem (WhatsApp e Viber). “Qualquer comunicado proveniente destas contas não é autêntico, nem é do Rotary”, alerta a declaração de Rick Kick. O comunicado oficial também assegura que o Rotary monitora continuamente tentativas de fraude e toma medidas para proteger os dados pessoais de seus associados, participantes de programa e funcionários.

O aviso também explica como os associados podem se proteger destas fraudes: desconsidere qualquer conteúdo que peça seus dados pessoais, ofereça ou solicite dinheiro; não abra anexos nem clique em links de mensagens suspeitas; para confirmar a autenticidade de uma mensagem, preste muita atenção no endereço de e-mail e nos blocos de assinatura. Qualquer mensagem identificada como suspeita ou comunicado – do presidente, secretário-geral ou outro líder rotário – deve ser encaminhado para  fraudreport@rotary.org. Em seguida, associado também deve deletar permanentemente a mensagem.

Para remover as contas falsas, o Rotary trabalha com o LinkedIn, Twitter, Facebook e WhatsApp. “Felizmente, as contas legítimas do presidente Rassin e do secretário-geral Hewko não foram comprometidas”, garante o comunicado.

Confira o comunicado do Chefe do Escritório de Informação de Rotary International (RI), Rick Kick, na íntegra:

“Prezado(a) rotariano(a),

 

Recentemente, ficamos sabendo que várias contas representando o presidente do RI, Barry Rassin, o presidente eleito, Mark Maloney, o secretário-geral, John Hewko, e outros líderes rotários, foram criadas em canais como e-mails, mídias sociais (Twitter e LinkedIn) e WhatsApp e Viber.

 

Qualquer comunicado proveniente destas contas não é autêntico, nem é do Rotary. Trata-se de uma tentativa de fraude via phishing, ou seja, uma falsificação para obter dinheiro e informações das pessoas.

 

O Rotary monitora continuamente tais tentativas de fraude e toma as devidas providências para proteger os dados pessoais de seus associados, participantes de programa e funcionários. Também trabalhamos com o LinkedIn, Twitter, Facebook e WhatsApp para remover contas falsas.

 

Felizmente, as contas legítimas do presidente Rassin e do secretário-geral Hewko não foram comprometidas.

 

Para se proteger destas fraudes:

  • desconsidere qualquer conteúdo que peça seus dados pessoais, ofereça ou solicite dinheiro;
  • não abra anexos nem clique em links de mensagens suspeitas;
  • para confirmar a autenticidade de uma mensagem, preste muita atenção no endereço de e-mail e nos blocos de assinatura.

 

Se você receber o que acredita ser uma mensagem suspeita, ou um comunicado do presidente ou do secretário-geral ou outro líder rotário, encaminhe-a para fraudreport@rotary.org e, em seguida, delete permanentemente a mensagem.

 

 

Atenciosamente,

 

Rick Kick

Chief Information Officer, RI

Laís Adriana de Almeida

Laís Adriana de Almeida

Estagiária de Comunicação do Distrito 4730; Estudante de Jornalismo da UFPR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *